ONLINE
1



Partilhe esta Página


PARAPSICOLOGIA
PARAPSICOLOGIA

 

 

                              A estreita relação entre Ciência e Fé

 

   A Parapsicologia é a ciência que tem por objeto

a constatação e análise dos fenômenos à

primeira vista inexplicáveis, mas possivelmente

resultado de faculdades humanas.

Para analisar esses fenômenos a Parapsicologia

se serve de todas as outras ciências, mas a que

mais lhe contribui é a Psicologia.

A diferença entre as duas é que enquanto a

Psicologia se ocupa dos fenômenos psíquicos

habituais do comportamento humano, a

Parapsicologia estuda os fenômenos que

estão a margem do que é habitual, chamados,

muitas vezes de ocultos. Esses fenômenos

sempre aconteceram, desde que se tem notícia

do homem,não importa a cultura. Na Bíblia, por

exemplo,são citados vários casos que poderiam

ser estudos pela Parapsicologia como possessões

demoníacas, curas, incorporações espirituais,

visões, aparições e até hoje, ainda despertam

fascínio, interesse e medo em algumas pessoas.

Por um princípio de economia, costumamos

atribuir ao além, aquilo que não conseguimos

explicar.Essa tendência criou um mundo povoado

por deuses, demônios, espíritos, fantasmas,

duendes, anjos e tudo mais, que favorecem o

surgimento de diferentes seitas.

Os meios de comunicação, por sua vez, com

raríssimas exceções, não têm interesse em

desmistificar, já que tiram proveito explorando

a crendice popular. A Parapsicologia científica

é importante, pois quando um fenômeno que

antes era visto como sobrenatural, tem suas

causas analisadas e compreendidas, tudo  volta

ao normal,acaba-se o medo e o mais importante:

devolve à nossa fé o status de fé autêntica e

madura, fundamentada em princípios verdadeiros

e não em falsas crenças sustentadas por falsos

profetas. Por outro lado, há fenômenos que a

própria ciência conclui que não foram causadas

por forças deste mundo. Estou falando dos

milagres. Segundo o dicionário Aurélio, milagre

significa feito ou ocorrência extraordinária que

não se explica pelas leis da natureza.

O atestado de milagre tem que ser dado pela

ciência e não pela igreja. A igreja apenas ratifica.

A maioria dos fenômenos parapsicológicos,

quando não são truques são, extranormais,

isto é ocorrem devido a um funcionamento

extraordinário dos sentidos. Neste item se

enquadram alguns fenômenos de adivinhação

como a psicografia, a quiromancia, cartomancia,

brincadeira do copo etc. Há Também os

fenômenos Paranormais que se caracterizam

por não dependerem dos sentidos (visão, audição

etc.)A Telepatia e a Precognição são exemplos

desses fenômenos. É importante saber que todos

nós temos a possibilidade de, em algum dia,

manifestar fenômenos paranormais, porém

isso não depende da nossa vontade, pois essa

função é inconsciente e ocorre ao acaso.

Resumindo,se soubéssemos a metade daquilo

que a nossa mente é capaz de produzir,

aprenderíamos a valorizar e a preservar mais

nosso pensamento e nossa liberdade de escolha.

Não se esqueçam: a mente é coisa séria. 

 

 

 

A parapsicologia clínica ajuda a mudar

comportamentos e ações. E essa mudança

pode ocorrer através do uso de técnicas como

a hipnose,reprogramação mental e a regressão

de memória, todas auxiliam a tratar doenças da

mente humana.Para a americana Louise L. Hay,

as doenças são criadas por nós mesmos.

Ela defende que precisamos nos conectar

conosco e tentar verificar quais sentimentos

estão bloqueados e nos impedem, muitas

vezes, de avançar. E isto pode ser realizado

através das técnicas que mencionamos acima.

De acordo com Louise algumas das doenças

tem suas raízes em ressentimentos. Confira

algumas: Câncer: mágoa profunda; Ansiedade:

falta de confiança; Colesterol: medo de aceitar

a alegria; Dor de cabeça: falta de 

autovalorização; Gordura: necessidade de

proteção; Asma: choro reprimido; Insônia:

medo e  culpa; Resfriados: confusão mental;

Tumores: alimentar mágoas; Acne: não aceitar

a sim mesmo; Pressão baixa: falta de amor

quando  criança; Pressão alta: problema emocional

não resolvido. O que ocorre é que na maioria das

vezes vamos tentar resolver estas doenças ou

sintomas com um remédio. Deixando de lado que

talvez este remédio possa ser um perdão para si.